Marielle Franco, presente!

Da Página do MST 

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) vem a público, nesse momento de dor, manifestar profundo pesar e indignação diante do assassinato de nossa companheira e vereadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) Marielle Franco e do motorista que a acompanhava, Anderson Pedro Gomes.

Marielle era uma amiga do MST, foi uma militante destacada na defesa dos direitos humanos e da igualdade social, deixa um legado de lutas em favor da classe trabalhadora. Atualmente denunciava as violações por parte da segurança pública do Rio, que veio a se agravar mais ainda com a Intervenção Militar na cidade.

Exigimos a rápida apuração desse crime e nos somaremos às mobilizações para que a luta de Marielle não fique impune.

Aos companheiros e companheiras do PSOL, à assessora que os acompanhava, aos familiares e amigos de Marielle e Anderson, nossa mais profunda solidariedade, carinho e respeito.

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

 

Marielle Franco, ¡¡presente!!

El Movimiento de los Trabajadores Rurales Sin Tierra (MST) viene al público, en ese momento de dolor, a manifestar su profundo pesar e indignación ante el asesinato de nuestra compañera y concejal del Partido Socialismo y Libertad (PSOL) Marielle Franco y del conductor que la acompañaba, Anderson Pedro Gomes.

Marielle era una amiga del MST, fue una militante destacada en la defensa de los derechos humanos y de la igualdad social, deja un legado de luchas en favor de la clase obrera. Actualmente denunciaba las violaciones por parte de la seguridad pública de Río, que se agravó aún más con la Intervención Militar en la ciudad.

Exigimos el rápido escrutinio de ese crimen y nos sumaremos a las movilizaciones para que la lucha de Marielle no quede impune.

A los compañeros y compañeras del PSOL, a la asesora que los acompañaba, a los familiares y amigos de Marielle y Anderson, nuestra más profunda solidaridad, cariño y respeto.

Movimiento de los Trabajadores Rurales Sin Tierra (MST)

Nossa indignação contra esse bárbaro assassinato da companheira Marielle Franco

“Nós temos que demonstrar toda a nossa indignação contra esse bárbaro assassinato da companheira *Marielle Franco*, lutadora, negra, do povo do Rio de janeiro (…) Agora, todos se perguntam: _cadê a tal segurança do Rio?_”, João Pedro Stedile, coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

Video en:

https://web.facebook.com/MovimentoSemTerra/videos/1970055563067148/

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s