Recordar é Viver: Ditaduras em Brasil e em Argentina

  • Texto escrito pelo grande lutador de latinoamerica Raphael Martinelli, em momento de indignação no ano de 2016.america

 

Golpe militar na Argentina 1976 – 2016 : 40 anos

Golpe civil militar no Brasil 01/04/1964 – 2016: 52 anos

Presidente Obama confessa e tenta fazer auto crítica da participação dos Estados Unidos na ajuda que deu a implantar a ditadura fascista em que executou mais de 30 mil que lutaram pela democracia e contra a ditadura. Em ações criminais executadas pelos militares facista-neonazista, como tirar as crianças das mães prisioneiras e depois assassiná-las. Após as prisioneiras mortas por tortura, jogadas ao mar, onde Obama por auto crítica foi jogar flores com Macri presidente da Argentina que não impediu os dois milhões de argentinos no dia 24 de março, em protesto contra a ditadura e a presença do presidente do país responsável pelos crimes cometidos pelos militares apoiados pelos EUA (o povo retirou todas as bandeiras dos Estados Unidos colocadas pelo presidente Macri)

O golpe civil militar no Brasil completou 52 anos em 01/04/2016. Em que derrubou o governo eleito pelo povo democraticamente de João Goulart, que lutava com minoria na câmara dos deputados e senado (como hoje desde a eleição do metalúrgico-sindicalista LULA), Jango como presidente discípulo de Getúlio Vargas ,que como presidente eleito em 1950 teve posições patriotas e nacionalistas, como aprovação da Petrobras, controle de remessa de lucros, e plena liberdade nas eleições sindicais etc. (Contando com os reacionários da UDN, Carlos Lacerda, Ademar de Barros e os militares fascistas que já lutavam para tomar o poder com a derrubada de Getúlio. Assim é a história dos militares com formação fascista e nazista.

Desde o perigo da ditadura Vargas 1930/1945 em que esses mesmos militares estimulavam o governo Vargas a ficar favorável posição de guerra Hitler – Mussolini – Japão iniciada contra a Abissínia, contra os países da Europa: Áustria, Polônia, Hungria, Tchecoslováquia, França, Grécia, Iugoslávia, Dinamarca, Inglaterra, enfim todos da Europa, onde assassinaram milhões de pessoas, políticos, patriotas e milhões de judeus. Era a política nazista de raça superior.

Vejam as forças militares que assumiram o poder pela força na derrubada de Jango em 1964.

Foi um Adeus aos patriotas presos, cassados os direitos políticos, demitidos, deputados, senadores, governadores, prefeitos, professores, cientistas, jornais, sindicatos, direitos humanos, sindicais, enfim a ditadura acabou as liberdades.

Pois é presidente Obama, quando você vir ao Brasil, fazer auto crítica em companhia da nossa presidente, confessar que ajudou os militares fascistas a derrubar o presidente Jango que lutava pelas reformas de bases, incluindo a reforma agrária. Forças estas que ainda esta no congresso sabotando por que é maioria banqueiros, latifundiários, cristãos, capitalista, antinacionais, anti operários e camponeses etc.

Esperamos os democratas receber as cópias dos arquivos dos EUA, inclusive aquele que foi senha para o golpe.

Presidente Kennedy:

“Jamais permitiremos que a América Latina se transforme numa China Comunista”

Aí surgiu o 01/04/1964

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s